PROJETO ENTENDENDO O CÉREBRO

O princípio básico do funcionamento do cérebro é a associação de coisas: palavras, objetos, cores, cheiros, sensações de tato e sensações emocionais. Como início do processo de entendimento sobre o funcionamento do cérebro as palavras tem um papel fundamental. Quando pensamos na maioria das vezes estamos utilizando associação de palavras que são um código para o raciocínio.

No cérebro existe a parte da memória, onde a associação dessas coisas ficam e a parte do processamento onde testamos as conexões dessas coisas constantemente. Para entender a parte do processamento é fundamental catalogar as conexões de associação de todas as palavras para então poder simular um código que simule o processamento do raciocínio. As palavras são a codificação do pensamento e o pensamento é associativo.

Todas as palavras estão conectadas de alguma forma e a lógica do raciocínio esta na proximidade dessa conexão. Por exemplo, a primeira palavra do dicionário: “aba” está associada a palavra “parte” e também a palavra “extremidade”. Se seguirmos com o processo de associação iremos percorrer todas as palavras que existem até voltar a se entrelaçar com a primeira.

Nosso processo de raciocínio entende que a palavra “aba” não faz o menor sentido com a palavra “criatura” por exemplo, porque suas conexões são muito distantes embora indiretamente conectadas, senão vejamos:

Ainda, existem vários tipos de associação, cada linha que conecta cada palavra pode ser de: duplo sentido, extensão, definição, classificação, juízo, etc…

Para catalogar todas essas associações podemos utilizar qualquer linguagem de programação de banco de dados de alto nível, como SQL por exemplo, visando facilitar a manipulação dos dados para posterior compilação à equipamento específico.

Utilizando SQL temos o simples código que segue:

CREATE TABLE aba (
duplo-sentido VARCHAR,
extensão VARCHAR,
definição VARCHAR,
classificação VARCHAR,
juízo VARCHAR,
);
INSERT INTO aba VALUES ('extremidade','parte','coisa',NULL)

CREATE TABLE extremidade (
duplo-sentido VARCHAR,
extensão VARCHAR,
definição VARCHAR,
classificação VARCHAR,
juízo VARCHAR,
);
INSERT INTO extremidade VALUES ('aba','parte','coisa',NULL)

CREATE TABLE parte (
duplo-sentido VARCHAR,
extensão VARCHAR,
definição VARCHAR,
classificação VARCHAR,
juízo VARCHAR,
);
INSERT INTO parte VALUES ('aba',NULL,'coisa',NULL)

CREATE TABLE coisa (
duplo-sentido VARCHAR,
extensão VARCHAR,
definição VARCHAR,
classificação VARCHAR,
juízo VARCHAR,
);
INSERT INTO coisa VALUES ('objeto','algo','matéria',NULL)
// e assim sussecivamente...

Estimando que cada palavra terá em média 5 conexões, que existem 500.000 palavras na lígua portuguesa e que cada varchar irá cosumir 21 bytes, mesmo sem utilizar as chaves extrangeiras do SQL para compactar o tamanho do banco de dados, podemos prever que o tamanho do banco quando terminado terá apenas 127.628,16 Gigabytes, algo que cabe em qualquer computador simples de hoje em dia.

As utilidades e implicações do projeto são extraordnárias, tanto no campo da inteligência artificial, quanto para o entendimento do processo cognitivo, e até para unificar consciências criando feramenta superior ao cérebro.

Já de inicio, assim que todas as palavras forem inseridas, com o algorótimo não muito complicado ja vai ser possível simunar juízo de valor a alguma frase ou livro.

Estabelecendo um valor entrem bem e mal graduando com as sete cores por exemplo é possivel criar uma imagem, um mapa do pensamento em cada lígua, por exemplo se o portugues tem mais ou menos palavras positivas, comparar com outras linguas, e até fundi-las.

Cada colaborador dará sua contribuição no banco de dados e todas suas associações ficarão vinculadas a seu nome, deixando o futuro algoritimo de processamento valorar a utilidade do pensamento de cada coladorador. A a única regra instransponível será a auto-preservação do sistema que impeça o algoritimo se auto-deletar, para estar em sintonia com o impulso oficial do universo e a Teoria do Infinito Bilateral.

Vamos começar? eu ja começei e estou com um servidor SQL à disposição, entre em contato.

(Davi Pinheiro)

Uma resposta para “PROJETO ENTENDENDO O CÉREBRO”

Deixe uma resposta